Chegou o verão! Veja como prevenir as Doenças de calor
Chegou o verão! Veja como prevenir as Doenças de calor

A mais esperada estão do ano chegou, o verão é sem dúvida a mais aguardada pelos brasileiros. Entretanto com ele vem junto as doenças do calor, como são chamados as doenças em decorrência do aumento de temperatura.

Está preocupado com sua família neste calor intenso? Então continue conosco que daremos dicas afim de evitar as principais sequelas do calor intenso.

Os principais gases do efeito estufa, que provocam a mudança climática, registraram recorde de concentração em 2018 e não há indícios de desaceleração no horizonte.

A informação foi divulgada este ano pela Organização das Nações Unidas (ONU). Em novembro do ano passado, um relatório publicado pela revista científica britânica The Lancet já chamava a atenção para as graves consequências das ondas de calor na saúde do ser humano.

O relatório constatou que, em 2017, aproximadamente 157 milhões de pessoas em todo o mundo estiveram em situação de vulnerabilidade por conta das altas temperaturas.

Aquecimento global

Aquecimento global contribui para aumento de problemas de saúde que podem levar à morte

O verão brasileiro começa, oficialmente, no próximo dia 21 de dezembro, embora já sejam registradas temperaturas elevadíssimas neste ano. O alerta serve para todos, governantes, indústrias e a população em geral.

A saúde corre riscos e o impacto das mudanças climáticas já é um desafio de saúde pública em países como os Estados Unidos, por exemplo, onde anualmente morrem mais de 600 pessoas em decorrência do calor.

De acordo com Maria Camila Lunardi, médica e conselheira do Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp), é preciso atenção redobrada nesta época do ano, principalmente nos extremos de idade, crianças e idosos; pois geralmente é a temporada de férias e as pessoas ficam também mais flexíveis em relação à dieta alimentar.

“Nos dias mais quentes é preciso cuidar da hidratação, proteção contra os raios solares e evitar exposição demasiada não só ao sol, como também às altas temperaturas. Uma dieta leve, rica em frutas e verduras frescas também ajuda na prevenção de problemas causados pelo excesso de calor. Além dos cuidados com vestimentas, evitando excesso de roupas nas crianças e tecidos sintéticos que prejudicam a transpiração”, explica a dra. Lunardi.

Saiba quais são algumas das doenças associadas ao verão e o que fazer para evitá-las

Doenças transmitidas por mosquitos, como dengue, zika, chikungunha e febre amarela. Entre outras, têm maiores chances de ocorrência no verão devido ao aumento do número de vetores;

Problemas vasculares que vão desde edema nas pernas, pés e mãos, passando por retenção de líquidos, a câimbras;

Insolação e Desidratação, que provocam mal-estar, dores de cabeça, vômitos e diarreias;

Problemas de pele, como micoses e dermatites, além de problemas tardios como o câncer de pele.

Prevenção contra as doenças do calor

A prevenção contra os males do verão é simples e, de maneira geral, inclui o uso de protetor solar e repelente.

Além de alimentação leve, higienização correta dos alimentos, hidratação e exposição ao sol e aos lugares abafados.

Contudo o uso de roupas leves e atividades físicas no início da manhã e tarde, sempre em locais arejados.

Leia Também

No sábado (30) acontece DIA D da Campanha de Vacinação contra Sarampo em Marataízes

Visando a chegada do verão, Itapemirim prossegue com obras em toda parte