IMG-20160427-WA0002

Proprietários de animais de grande porte, como equinos e bovinos, estão sendo vigiados de perto pela equipe de zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde de Itapemirim quanto ao abandono e à responsabilidade da guarda apropriada. Animais encontrados soltos em ruas e estradas do município são imediatamente recolhidos pelo setor e só voltam para os donos mediante o pagamento de multa. Nesses casos, o proprietário tem até sete dias para retirar o animal, que poderá ser doado após o prazo.

Animais soltos em vias públicas causam grande preocupação nos profissionais da saúde e na própria população. É comum que cavalos soltos revirem depósitos de lixo, por exemplo, sem contar o risco de causar acidentes, como aconteceu no início deste mês na Avenida Cristiano Dias Lopes, que liga a Barra de Itapemirim, em Marataízes, à Sede de Itapemirim, quando um cavalo solto foi responsável por derrubar um motociclista. Felizmente, o acidente não causou mais do que prejuízos materiais.

No caso citado acima, o animal errante foi recolhido e o proprietário notificado e, como não providenciou sua retirada dentro do prazo estabelecido pela lei, o cavalo foi encaminhado para doação. O coordenador da zoonoses, Ivanildo Delfino Leite, explica que a responsabilidade dos proprietários vai além de simplesmente alimentar e guardar os animais. “Nós trabalhamos diariamente no recolhimento desses animais e, quando o proprietário não nos procura, os encaminhamos para doação para alguém que realmente tenha responsabilidade e local adequado para a criação. Quando o dono nos procura, é necessário pagar uma multa pela falta de responsabilidade, mas isso não deveria ser a maior preocupação dos donos desses animais. O mais importante é que cada um tenha consciência de sua responsabilidade com a vida do animal e de toda a sociedade”, frisa o coordenador.

Para retirar um animal que foi recolhido pela zoonoses, o proprietário precisa pagar uma multa no valor de R$ 49,50, caso tenha sido a primeira ocorrência sofrida. Em caso de reincidência, o valor da multa sobe para R$ 123,67. Além da multa, o proprietário precisa pagar uma diária pela guarda do animal no valor de R$ 9,62. Aqueles que possuem local adequado e desejam receber animais por meio de doação da secretaria de Saúde devem procurar o setor de zoonoses, que fica na sede da secretaria, na Vila, e realizar um cadastro. Para denunciar maus-tratos ou solicitar o recolhimento de animais soltos em vias públicas, a população deve ligar no telefone 3529-6472 ou para 99969-2636 e falar com Eloi, que é o responsável pelo recolhimento.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.