O município de Presidente Kennedy será pioneiro no Espírito Santo no atendimento a domicílio a idosos e deficientes, levando o Serviço de Proteção Social Básica. Na última sexta-feira, representantes da Prefeitura e da Secretaria de Estado do Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social estiveram reunidos para alinhar os trabalhos.

Participaram da reunião para buscar informações e a forma de executar o serviço, já que Presidente Kennedy será pioneiro, o gerente de Proteção Social Básica de Presidente Kennedy, Tancredo Almeida Silveira; a coordenadora do CRAS, Fernanda Maciel; a assistente social, Ellem Ramalho; a psicóloga Monica Pereira.

O atendimento a domicílio vai começar a partir do próximo ano.

São objetivos do serviço:

– prevenir agravos que possam desencadear o rompimento de vínculos familiares e sociais; prevenir confinamento de idosos e/ou de pessoas com deficiência; Identificar situações de dependência;

– Colaborar com redes inclusivas no território;

– Prevenir o abrigamento institucional de pessoas com deficiência e/ ou pessoas idosas com vistas a promover a sua inclusão social;

– Sensibilizar grupos comunitários sobre direitos e necessidades de inclusão de pessoas com deficiência e pessoas idosas, buscando a desconstrução de mitos e preconceitos;

– Desenvolver estratégias para estimular e potencializar recursos das pessoas com deficiência e pessoas idosas, de suas famílias e da comunidade no processo de habilitação, reabilitação e inclusão social;

– Oferecer possibilidades de desenvolvimento de habilidades e potencialidades, a defesa de direitos e o estímulo à participação cidadã;

– Incluir usuários e familiares no sistema de proteção social e serviços públicos, conforme necessidades, inclusive pela indicação de acesso a benefícios e programas de transferência de renda;

– Contribuir para resgatar e preservar a integridade e a melhoria de qualidade de vida dos usuários;

– Contribuir para a construção de contextos inclusivos.