Foi deflagrada, na manhã desta terça-feira (22), uma operação para desarticular o tráfico de entorpecentes e associação de pessoas voltadas para tráfico de drogas no sul do Espírito Santo.

A operação ‘O Gângster’, foi deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco-Sul) e da Promotoria de Justiça de São José do Calçado, com o apoio do 3º Batalhão de Polícia Militar, do Núcleo de Inteligência da Assessoria Militar do MPES, do Comando de Polícia Ostensiva Sul (CPO SUL) e do Comando de Polícia Ostensiva Especializado (CPOE).

A ação consistiu no cumprimento de sete mandados de prisão temporária e 21 mandados de busca e apreensão, expedidos pelo Juízo de São José do Calçado. Os mandados foram cumpridos nas cidades de São José do Calçado, Guaçuí, Alegre e Cachoeiro de Itapemirim.

Participaram da operação os promotores de Justiça do Gaeco-Sul e da Promotoria de Justiça São José do Calçado, 168 policiais militares do sul do estado e quatro cães farejadores da Polícia Militar.

Ao final da ação foram presas sete pessoas por mandado de prisão temporária, além de outras oito conduzidas às delegacias para autuação em flagrante ou averiguações.

Na operação Gangster os policiais apreenderam: um revólver calibre 38, 10 munições de calibres diversos, quatro quilos e 12 buchas de maconha, meio quilo e mais 155 pedras de crack, meio quilo e 96 pinos de cocaína, R$ 7.103,00 em dinheiro, duas balanças de precisão, dois binóculos, dois socos inglês, duas roupas camufladas e 13 frascos de loló.

Todo o material e os detidos foram encaminhados às delegacias de polícia locais.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.