Continuam as mortandades de tartarugas no litoral de Marataízes. A causa é mais que conhecidas: redes colocadas ao longo das praias.

Os guardas vidas de nossa região sul, tiveram muito trabalho e conseguiram um verão zerado de afogamentos fatais.
Tempos modernos. Não se presenciam mais, o vendedor de  frutas fresquinhas vendidas na praia, com o agricultor trazendo as suas mercadorias de cavalo e jacá.
Os apaixonados pela apicultura, Aldemir e sua esposa Maura, de Fazenda Velga, em Itapemirim, produzindo sempre um mel de primeira.