Cada ação de preservação ao meio ambiente faz a diferença e é muito importante para a conservação da vida em nosso planeta. E essa é uma das lutas da comerciária Márcia Cunha, moradora do bairro Nova Anchieta, em Anchieta. Há um ano ela iniciou um projeto com crianças do seu prédio a fim de recolher lixo seco e óleo de cozinha usado, com objetivo de encaminhar para reciclagem.

E em um ano do projeto ela e as crianças envolvidas conseguiram juntar uma tonelada de lixo seco e 50 litros de óleo. Tudo foi encaminhado para a Associação da Unidade Primária de Materiais Recicláveis de Anchieta. “Agradeço o empenho das famílias, principalmente das crianças que não medem esforços para buscar um mundo melhor através da reciclagem”, disse a comerciária.

O projeto social está ganhando a simpatia dos moradores do prédio, principalmente das crianças que, segundo Cunha, serão disseminadoras de boas práticas ambientais. “Os jovens envolvidos no projeto são responsáveis de cobrar dos pais e responsáveis a separação do lixo seco e do óleo de cozinha usado”, disse.

Márcia, que tem a intenção de estender o projeto para todo o bairro onde mora, realiza constantemente com as crianças e adolescentes envolvidos na iniciativa, gincanas, teatro, oficina de artesanato e bate papo com profissionais. A comerciária trabalha com os jovens sobre a importância da separação do lixo e do reaproveitamento de materiais recicláveis. Outro trabalho que ela vem realizando é o paisagismo do conjunto habitacional e da rua onde reside.